Volkswagen suspende produção em São José dos Pinhais

A paralisação foi provocada pela falta de semicondutores

A escassez de componentes é um problema mundial e ocorre desde o final do ano passado

Por falta de insumos, a Volkswagen suspendeu a produção nas fábricas de São José dos Pinhais (PR) e de Taubaté (SP). A paralisação vai durar 10 dias e começa a partir de segunda-feira (7). A decisão foi tomada, informou a Volkswagen, em razão da falta de semicondutores, componentes responsáveis pela comunicação interna dos equipamentos eletrônicos nos veículos. A escassez é um problema mundial e ocorre desde o final do ano passado.

“Nos últimos meses, o time da Volkswagen do Brasil tem trabalhado intensamente e com sucesso, internamente e em parceria com a nossa matriz, para minimizar os efeitos da escassez de semicondutores para a produção em suas fábricas no Brasil. Até hoje, as nossas unidades no país não foram afetadas em maior escala. Entretanto, com o agravamento do cenário e com base na situação atual, presumimos que o fornecimento de semicondutores continuará a ser limitado ao longo das próximas semanas”, revelou a empresa, em nota.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau), cerca de dois mil trabalhadores da fábrica serão colocados em férias coletivas na planta de Taubaté, que produz os veículos Gol e Voyage. A Volkswagen não informou quantas pessoas trabalham na fábrica de São José dos Pinhais, que produz os veículos Fox e T-Cross.

Com Agência Brasil

Similares

Advertisment

Popular

UEM desenvolve software que detecta vírus em três segundos

Tecnologia inédita no mundo pode ser usada em massa O aparelho, que cabe na palma da mão,...

Atividade econômica de Santa Catarina cresce 0,56%

O resultado foi o terceiro melhor do país Santa Catarina mostra uma recuperação mais consistente do que...

Sul concentra mais de um terço das agtechs do Brasil

País possui quase 300 startups de tecnologia agropecuária Na região, o Rio Grande do Sul tem o maior...