Autocuidado: por onde começar?

A rotina estressante do dia a dia, tarefas e o trabalho nos tornam secundários em nossas próprias vidas, por isso é importante desenvolver o autocuidado, afirma Deise Zuqui, entusiasta e amante do mundo da beleza, ressalta que tirar um tempo para si é cuidar de quem mais importa: nós mesmos!

O primeiro passo é separar um tempo totalmente dedicado a você, sendo assim, após o trabalho, tome um banho, faça uma rápida hidratação no cabelo e prepare um chá. Depois de um dia agitado e estressante, tudo que o corpo necessita é de um profundo relaxamento.

Após isso, coloque sua música ou série favorita e coma alguma comida que goste. Agora não é hora de pensar em trabalho ou problemas familiares e sim de focar em curtir o momento. Afinal, desenvolver o autocuidado não é ser egoísta e sim ser empático consigo mesmo, avulta Deise Zuqui.

Fazer uma rotina de skin care é indicado, outra dica é hidratar o corpo todo, passar óleos essenciais, usar seu perfume preferido, pois você merece esse carinho. Além disso, é preferível fazer a unha, nem que seja só para limpar aquele esmalte antigo. Não se esqueça de colocar uma roupa que se sinta bem, bonita e confortável e, se possível, abra um vinho para acompanhar.

Vale ressaltar que autocuidado não consiste em cuidar das unhas, cabelo e pele apenas, enfatiza Deise Zuqui, trata-se de várias formas de cuidar de si. Há quatro tipos de autocuidado principais: físico, emocional, social e mental.

Dessa forma, andar de bicicleta, fazer yoga, comer de forma saudável e o simples fato de dormir bem é um ato de amor consigo mesmo, é um autocuidado de caráter físico. Já ler um livro, meditar e estudar é de caráter mental, bem como ir ao psicólogo, se perdoar e desenvolver o autoconhecimento são autocuidados emocionais. Como exemplo de autocuidado social, há os atos de fazer amigos e afastar-se de pessoas que não te fazem bem.

Similares

Advertismentspot_img

Popular