CETIP: conheça essa instituição integradora do mercado financeiro, com o investidor Valdir Piran

Se você não está inserido no mercado financeiro, certamente nunca escutou esse termo, certo? O investidor Valdir Piran considera que essa instituição recebe o nome de Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (CETIP), e que engloba a administração de capital aberto, oferecendo séries de registro, negociação e afins. Sendo assim, se este é um assunto do seu interesse, leia o artigo até o final e compreenda como essa instituição integradora funciona dentro desse mercado.

De imediato vamos compreender o que seria a custódia. Basicamente, se trata de um serviço de guarda, manutenção e atualização de títulos e ativos que são negociados no mercado financeiro. Sendo assim, o custodiante acaba sendo o responsável por assegurar o depósito dos direitos dos títulos adquiridos em nome dos investidores. Assim a CETIP entra no mercado para que as operações e liquidações possam ser feitas de forma mais ágil. 

Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (CETIP)

Sendo fundada no ano de 1984, porém só entrando em funcionamento em 1986, ela surge dentro do mercado financeiro, como uma instituição integradora, isso porque oferece uma infraestrutura baseada em tecnologias essenciais para o pleno funcionamento das operações, como aplicações em ativos, financiamento de veículos, dentre outras negociações — como entende o empresário Valdir Piran.

Por ser uma central, ela envolve diversas organizações do setor financeiro, além de englobar os investidores que investem por intermediação dela. Podemos citar como exemplos as corretoras de valores, os bancos, as concessionárias, seguradoras e afins. De início, ela foi vista como uma central depositária, que oferecia soluções no quesito de depósito e outras negociações do mercado financeiro.

Como funciona?

Vale mencionar que esta instituição possui atividades regulamentadas pela Comissão Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e fiscalizadas pelo Banco Central do Brasil. Dessa forma, como considera o presidente do Grupo Piran, Valdir Piran, as negociações e operações são fiscalizadas de modo a garantir a segurança dos investidores e possibilitar que todos os processos sejam feitos de forma organizada e eficaz.

Caso não seja do seu conhecimento, quando aplicados em um investimento de renda fixa, temos três processos envolvidos: o emissor do título, o vendedor e o comprador. Todavia, poucos sabem que como participante especial entra o CETIP, instituição que realiza por exemplo a liquidação dos ativos, que acontece após o investidor ter comprado um CDB por exemplo, em que seu título não ficará guardado e sim em movimentação dentro do mercado.
Conseguiu entender como funciona esse conceito? Saiba que essa instituição executa o papel do denominado clearing (câmara de liquidação e custódia), e também é parte integrante do Sistema Brasileiro de Pagamentos. Ademais, como pensa o empresário Valdir Piran, em 2017 juntou-se a BM & FBovespa, formando assim o B3 — Bolsa de Valores do Brasil — a quinta maior do mundo.

Similares

Advertismentspot_img

Popular