Como melhorar sua capacidade respiratória em tempos de pandemia

O empresário Weber Micael da Silva, grande entusiasta no mundo dos esportes e defensor de práticas saudáveis, comenta que na última pesquisa realizada pelo Hospital Paulista, ainda no ano de 2021, a estimativa era que cerca de 30% da população brasileira sofre com doenças respiratórias, número bastante importante se consideramos a situação da COVID-19 no mundo. 

Por essa razão, o renomado Weber Micael da Silva explica que mudar essa realidade é essencial para um país mais saudável. Mas, é claro, que isso não se trata apenas de curar doenças, até porque, há delas que não possuem cura, senão tratamento. Desse modo, o que deve ser feito são ações que melhore a situação dessas pessoas, e o agente não poderia ser outro senão aquele que sofre com o problema.

Dessa forma, se você é portador de algum problema crônico nesse sentido e deseja mudar sua realidade, este artigo é para você! Com algumas práticas, você conseguirá melhorar sua capacidade respiratória, o que te ajudará, segundo Weber Micael da Silva, a não desenvolver doenças mais graves. 

Respire com o diafragma 

A primeira ação que você pode realizar para melhorar sua capacidade respiratória é respirando através do diafragma. Para isso, segundo Weber Micael da Silva, você deve respirar de maneira a expandir o abdômen no momento da respiração, sem movimentar o tórax, e prendê-la por dois segundos pelo menos. Além de aumentar a capacidade respiratória, você ainda consegue melhorar sua ansiedade. 

Inspire de maneira fracionada

Como o próprio nome sugere, a respiração fracionada consiste, basicamente, em respirar em “partes”. Na prática, você deve inspirar por um segundo, soltar a respiração por dois e depois inspirar novamente. O objetivo, segundo Weber Micael da Silva, é nada mais, nada menos, que promover a capacidade dos pulmões.

Faça a respiração abreviada

Quase como a fracionada, a respiração abreviada consiste, basicamente, em respirar de maneira profunda num primeiro momento, soltar um pouco de ar e prendê-la. Apesar de estranho, Weber Micael da Silva explica que o motivo da mesma é simples: melhorar a capacidade respiratória e estimular a elasticidade do pulmmão.

Similares

Advertismentspot_img

Popular