Conheça a história do Aeroporto Internacional de Guarulhos

São Paulo é a maior metrópole do Hemisfério Sul, a mais populosa e a cidade mais influente do país. Por ser palco de diversos eventos, Fernando Siqueira Carvalho, grande apreciador de veículos automobilísticos e aéreos, diz que a capital precisa de um local que comportasse todos os visitantes e habitantes.

Já existia o Aeroporto de Congonhas que passou a registrar imenso movimento para sua capacidade operacional de passageiros e carga, conforme a cidade ia se desenvolvendo. Por isso, em 1935, o secretário de Viação e Obras Públicas do estado da época, mandou identificar possíveis áreas que fossem capazes de conceber a infraestrutura de um aeroporto, já que o surgimento de aviões de grande porte exigiu pistas maiores, por exemplo.

Então, a decisão efetiva de construir um novo aeroporto, depois de muitas opções, foi tomada na gestão do presidente Ernesto Geisel, mas a elaboração do projeto ficou para o próximo governo. Logo, João Figueiredo passou a administrar a obra. Fernando Siqueira Carvalho diz que foi em 1985, com a construção do Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos (finalmente) ocorreu a transferência dos voos comerciais internacionais para lá, enquanto Congonhas passou a receber apenas voos internacionais da América Latina e da aviação executiva.

Para receber a demanda prevista até o ano 1998, o aeroporto deveria ter pelo menos duas pistas paralelas e independentes, com distância mínima de 1310 metros entre elas, permitindo funcionar ao mesmo tempo, e um terminal de passageiros situado entre essas pistas. Esta configuração permitia consumir toda a capacidade da área disponível, sem interferir com o funcionamento da Base Aérea de São Paulo. Mas diante do aumento do movimento de passageiros e aeronaves acima do previsto, um novo plano diretor foi desenvolvido e dimensionou os novos terminais três e quatro de maneira que eles pudessem movimentar doze milhões de passageiros cada.

Fernando Siqueira Carvalho conta que hoje o Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos é o maior aeroporto do Brasil e da América do Sul, sendo o segundo mais movimentado da América Latina em número de passageiros transportados, ficando atrás somente do Aeroporto Internacional da Cidade do México. Em 2019, foi considerado pela FlightStats, um app que monitora o status dos voos, o segundo melhor em pontualidade no mundo e primeiro na América Latina.

Similares

Advertisment

Popular

UEM desenvolve software que detecta vírus em três segundos

Tecnologia inédita no mundo pode ser usada em massa O aparelho, que cabe na palma da mão,...

Atividade econômica de Santa Catarina cresce 0,56%

O resultado foi o terceiro melhor do país Santa Catarina mostra uma recuperação mais consistente do que...

Sul concentra mais de um terço das agtechs do Brasil

País possui quase 300 startups de tecnologia agropecuária Na região, o Rio Grande do Sul tem o maior...