Leite de inhame: seria possível consumir essa bebida a partir desse tubérculo?

Você já pensou em usar um tubérculo para produzir leite vegetal? Para o amante de culinária Flavio Giusti, há diversas opções de leites vegetais pouco conhecidos, que podem ser muito viáveis tanto para os adeptos ao veganismo, quanto para os intolerantes à lactose — carboidrato presente no leite de vaca. Assim, se deseja aprender a como fazer o leite de inhame, leia o artigo até o final e compreenda mais sobre essa culinária.

O que é considerado um leite vegetal?

Quando nos referimos a um leite vegetal, estamos falando de uma bebida que não possui origem animal e sim vegetal. Mas como pode ser feito? O leite vegetal, como explica o criador do VegetariRango, pode ser produzido a partir de castanhas, raízes, frutos e até mesmo grãos ou farelos. Dentre os leites vegetais mais comuns, podemos citar o de soja.

E quais seriam os benefícios dessas bebidas? Sabemos que o principal benefício atrelado ao leite vegetal, diz respeito à baixa quantidade de gorduras ruins, que ao contrário do leite de vaca, possui excesso dessa substância. Ademais, Flavio Giusti ressalta que o leite vegetal possui alto teor de vitamina B, dosagem equilibrada de sódio e potássio, além de baixo índice glicêmico. 

E quanto ao inhame?

Como vimos anteriormente, o inhame trata-se de um tubérculo considerado uma excelente fonte de vitaminas, como as do complexo B. Além disso, em sua composição podemos encontrar ótimas quantidades de antioxidantes e vitamina C, possuindo minerais como cobre, potássio, ferro e magnésio. Assim, o criador do VegetariRango considera que é um alimento muito viável para consumo.

Mas, afinal, como fazer o leite de inhame?

Sendo adepto ao veganismo há 10 anos, Flavio Giusti utiliza de seus dotes culinários para disseminar essa filosofia alimentar, em prol da quebra de preconceitos que circundam essa culinária. Desse modo, para preparar o leite de inhame, receita prática e simples, você vai precisar apenas de: inhame e água. Isso mesmo, o ex-MasterChef preza por receitas fáceis e acessíveis!

Vale lembrar, que há uma distinção entre os inhames. O criador do VegetariRango explica que o “inhame verdadeiro”, no sudeste é vendido como “cará”, já o que chamamos comumente de inhame, é considerado o “inhame falso”. Sendo assim, para o inhame verdadeiro, o ideal é fazê-lo cru deixando 8 horas de molho e batendo com água, já o inhame falso precisa ser cozido para fazer o leite. Para conferir a receita na prática, acesse o link do vídeo no seu canal do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=feGu39BQ8No.

Desse modo, para aprender deliciosas receitas veganas como essa, não deixe de acompanhar o trabalho do empresário também no Instagram (@vegetarirango) e ficar por dentro das suas criações. Saiba ainda, que Flavio Giusti é um grande idealizador de cursos sobre culinária voltados para a produção de queijos veganos, excelentes para você incrementar na sua dieta. Para ter acesso a esse conhecimento, faça parte do seu grupo com mais de 7 mil alunos e realize uma transição alimentar saudável e balanceada.

Similares

Advertismentspot_img

Popular