Os cálculos renais: entenda sobre o problema

Segundo Marco Antonio Quesada, Cálculo Renal é o termo usado para referir-se às pedras nos rins.

Os rins têm a função equilibrar o volume de água em nosso organismo, filtrando assim as impurezas que circulam nossas correntes sanguíneas. Marco Antonio Quesada, médico urologista especialista, conta que, quando pequenos cristais se aglomeram e formam pedras, alojadas nos rins, a pessoa é diagnosticada com cálculo renal.

Segundo Marco Antonio Quesada, existem quatro tipos de cálculo renal, sendo eles:

cálculo de cálcio (é o mais comum)
cálculo de cistina (que surge em pessoas com uma doença renal crônica chamada de cistinúria)
cálculo de estruvita (os que mais crescem e podem bloquear os pontos do sistema urinário onde se encontram)
cálculo de ácido úrico, que é mais comum nos pacientes do sexo masculino.

O especialista conta também que os sintomas podem variar entre:

náuseas e vômitos.
febre.
sangue na urina.
infecção de urina.
dificuldade em urinar.
cólicas fortes.

Marco Antonio Quesada reforça a importância de ir em busca de auxílio de um médico qualificado quando se apresenta mais de um sintoma. O tratamento é feito por medicamentos analgésicos (prescritos pelo médico, caso contrário, o problema pode se agravar), e maior ingestão de líquidos.

No caso de pedras grandes, Marco Antonio Quesada explica que é preciso realizar cirurgia para extraí-la, pois elas obstruem a passagem da urina, A cirurgia pode ser feita por intermédio de um pequeno corte nas costas ou por um cateter que é inserido na uretra do paciente.

Marco Antonio Quesada, por fim, pede atenção acerca do problema, afinal, a saúde é tudo o que temos de fato. Sendo assim, agende uma consulta com o urologista e deixe seu bem-estar em primeiro lugar.

Similares

Advertisment

Popular

Mais de 70% das indústrias enfrentam dificuldades em obter matérias-primas

Normalização das cadeias produtivas nacionais pode ser postergada

Inflação atinge índice de 0,93% em março

É a maior alta para o mês desde 2015

Inflação atinge índice de 0,93% em março

É a maior alta para o mês desde 2015