Dez passos para fomentar o ambiente smart nas cidades

Sebrae Paraná apresentou suas principais ações em painel no Smart City Session

Facilitar a disponibilidade de dados abertos, com transparência, monitoramento e controle é uma delas

A transformação digital está gerando profundo impacto nos pequenos negócios paranaenses. Para estimular esse ambiente e ampliar a competitividade dos empreendedores, o Sebrae Paraná vem ampliando sua atuação a partir de ações de mercado, eficiência produtiva, inovação e tecnologias avançadas destinadas às cadeias produtivas. As iniciativas foram apresentadas em painel digital no Smart City Session, realizado pelo iCities na terça (8) e quarta-feira (9). Ao todo, são sete os nichos de atuação da entidade: casa e construção, madeira e móveis, moda e confecção, plástico e embalagens, químico e cosméticos, eletroeletrônicos e metalmecânico.

“Teremos uma agenda intensa em 2021 com feiras, lives, e-books, ações segmentadas, rodadas de negócios e diagnósticos para a Indústria 4.0. E também a aplicação da metodologia IN4HUB, para introduzir pequenas empresas na transformação digital da indústria, com metodologia dividida em sete eixos: estratégia, consultoria em gestão de pessoas, clientes, gestão de negócios, tecnologia, logística e cadeia de suprimentos e produção de qualidade”, explica Adriana Kalinowski, coordenadora estadual da indústria no Sebrae Paraná.

Ela fez parte do painel sobre o futuro da transformação digital, que contou com a participação de Diego Ramos, diretor da vertical de smart cities da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate); Itamir Viola, CEO da Viasoft; e Jamile Marques, diretora de inovação e fomento da Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes).

Adriana elenca, a seguir, os dez principais passos para fomentar o ambiente smart. Confira.

  1. Construir uma visão de cidade que considere suas características particulares;
  2. Definir um plano de longo prazo para a cidade, que vá além das gestões e partidos políticos;
  3. Desenhar um projeto de smart city que seja construído por pessoas e para pessoas, com participação cidadã;
  4. Trabalhar em um marco legal mais favorável, envolvendo as lideranças da gestão pública;
  5. Acelerar o desenvolvimento e a sustentabilidade dos projetos com parcerias privadas;
  6. Integrar de forma horizontal os serviços em uma plataforma smart city;
  7. Aplicar modelo tecnológico fundamentado numa plataforma aberta e interoperável para conseguir maior escala;
  8. Facilitar a disponibilidade de dados abertos, com transparência, monitoramento e controle;
  9. Superar novos e velhos desafios por meio de ações integradas com uso de tecnologia na saúde, educação, saneamento, habitação e desigualdade social;
  10. Não esquecer as novas demandas por mobilidade, sustentabilidade e transformação econômica


“O desenvolvimento das
smart cities abre novos mercados para os pequenos negócios, em áreas como saúde, educação, mobilidade, construção sustentável, energia e turismo. O Sebrae Paraná está identificando essas oportunidades, sobretudo na interação e aproximação das micro e pequenas empresas junto aos grandes players que já estão participando do processo. É absolutamente necessária a inclusão deste público no tema cidades inteligentes para o desenvolvimento do estado”, afirma ela.

O Sebrae Paraná apoia o iCities desde a primeira edição do Smart City Expo Curitiba, em 2018. “O evento sempre proporcionou conteúdos relevantes para o desenvolvimento das cidades e ambiente de conexão entre os diversos atores do ecossistema. Com o Smart City Session foi possível aumentar ainda mais disseminação de boas práticas relacionadas aos temas de inovação e tecnologia”, avalia Adriana.

Similares

Advertisment

Popular

Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha

Também foi editada uma MP aumentando a CSLL dos bancos

Pandemia acelera digitalização dos 50+ no Sul

Diversidade de uso dos canais de atendimento bancário é grande, revela pesquisa do Agibank

Pequenas empresas veem oportunidades geradas pela crise

Pesquisa foi feita pela Serasa Experian