Startup Laura firma parceria com operadoras de saúde catarinenses

Unimed Grande Florianópolis e Unimed Criciúma passaram a utilizar o robô

Ativo desde 2016, o equipamento já reduziu em 25% a taxa de mortalidade hospitalar e ajudou a salvar cerca de 24 mil vidas

As parcerias da startup Laura com operadoras de saúde estão permitindo que a inteligência artificial chegue a mais pacientes em diferentes regiões do país. O robô Laura identifica precocemente riscos de deterioração clínica usando inteligência artificial e tecnologia cognitiva priorizando o atendimento de pacientes, emitindo alertas para a equipe assistencial. Ativo desde 2016, o Robô já reduziu em 25% a taxa de mortalidade hospitalar e ajudou a salvar cerca de 24 mil vidas.

A parceria com a Unimed Grande Florianópolis já proporcionou mais de 50 mil atendimentos por meio do Pronto Atendimento Digital, tecnologia desenvolvida pela Laura para triagem remota de casos suspeitos de Covid. Com o patrocínio da operadora de saúde, 12 cidades catarinenses receberam a tecnologia de forma gratuita. Os cidadãos desses municípios que apresentam sintomas respiratórios podem realizar a triagem digital e receber acompanhamento e orientação por mensagens de texto durante 14 dias. Casos mais graves são encaminhados para as unidades de saúde. O CEO da cooperativa médica, Richard Oliveira, explica como Laura tem colaborado para a inovação social. “Para dar um retorno maior à sociedade, contratamos a tecnologia para doar a todos os municípios da Grande Florianópolis: 1,2 milhão de munícipes da região podem utilizar o sistema gratuitamente”, destaca.

Já a Unimed Criciúma, no Sul de Santa Catarina, firmou parceria para ofertar o PA Digital aos pacientes conveniados em mais de 40 cidades da microrregião. A tecnologia será oferecida no site da Unimed para que os pacientes possam avaliar sintomas de maneira digital e possam ser encaminhados para atendimento de saúde mais adequado, seja através da telemedicina ou encaminhamento emergencial para o hospital.

O trabalho em parceria com operadoras de saúde e poder público amplia o impacto social em saúde. Segundo o CEO da startup, Cristian Rocha, a expectativa é alcançar todas as regiões do país e acelerar o processo de democratização do acesso da tecnologia em saúde. “A capilaridade dessas operadoras permite que a Laura chegue mais rápido e com eficiência aos beneficiários, tanto nos hospitais, em caso de internamentos, quanto aos que buscam atendimento de saúde para avaliar sintomas, com mais agilidade, eficiência e de maneira digital”, comenta.

Similares

Advertisment

Popular

Você conhece as lutas mais praticadas no Brasil?

Se você pretende iniciar alguma arte marcial ou se pretende aperfeiçoar suas técnicas, vem conferir essa lista que o empresário e atleta...

Conheça a história inspiradora de Leandra, a Diva do Brás

Leandra, mais conhecida como Diva do Brás, é blogueira e influencer de sucesso. Hoje conta com mais de 250 mil seguidores nas...

Conheça a história inspiradora de Leandra, a Diva do Brás

Leandra, mais conhecida como Diva do Brás, é blogueira e influencer de sucesso. Hoje conta com mais de 250 mil seguidores nas...