Startup vence o Pitch Paraná com sistema de irrigação inteligente

A IrrigaTech, de Paranavaí, concorreu na categoria voltada ao agronegócio

A solução da empresa é formada por um reservatório de água, sistema de gotejamento e de geração solar

A startup IrrigaTech é a vencedora do Pitch Paraná, com o desenvolvimento de um sistema inteligente de irrigação. A iniciativa da superintendência geral de inovação, vinculada à Casa Civil, foi uma competição de ideias inovadoras com impacto no desenvolvimento estadual. Cerca de 100 startups paranaenses participaram do evento com projetos nas áreas de agronegócio, saúde e biotecnologia, governo e cidades digitais, Indústria 4.0 e empreendedorismo social.

Em cada categoria foram selecionadas cinco empresas que mostraram suas soluções em rodadas semanais de apresentações. As cinco melhores disputaram a final e foram julgadas por uma banca composta por representantes da Superintendência Geral de Inovação, Celepar, Sebrae, Fiep e Assesspro. Além da banca, também foram convidados investidores interessados em projetos nessas áreas. A final foi transmitida pelo canal da secretaria de inovação no Youtube, onde também estão disponíveis os pitchs (apresentações curtas) de todos os projetos finalistas.

IrrigaTech
A IrrigaTech, de Paranavaí, apresentou um sistema de irrigação inteligente, via wireless, que reduz o consumo de água e aumenta a eficiência produtiva. A solução responde aos principais problemas que afetam os produtores de frutas: estresse hídrico (excesso de água) e alto consumo de energia elétrica.A solução da empresa é formada por um reservatório de água, sistema de gotejamento e de geração solar, acompanhado de um seguidor solar para garantir uma maior eficiência energética, e de sensores instalados na área de produção.Todo o sistema pode ser controlado por computador ou pelo celular.

De acordo com a empresa, o gasto com energia elétrica em um sistema convencional de irrigação é de cerca de R$ 1 mil ao ano, enquanto o do sistema da IrrigaTech é de R$ 50,00/ano – a energia elétrica é utilizada somente na falta da energia solar. O projeto da IrrigaTech tem custo de R$ 10 mil, sendo R$ 8 mil para geração solar.

Similares

Advertisment

Popular

O ar que me falta

Três razões tornaram a leitura do livro de Luiz Schwarcz uma experiência fulminante

BC estende acordo com Fed até fim de setembro

Contrato especial de swap vigorará por mais seis meses

Governo do RS divulga os primeiros vencedores do edital Techfuturo

Programa investirá R$ 5,6 milhões em 37 iniciativas